APÓS ACORDO ENTRE EMPRESAS E SINDICATOS, POLO PETROQUÍMICO DE CAMAÇARI MANTERÁ PRODUÇÃO

Compartilhe suas Notícias Preferidas!
Please follow and like us:

Numa reunião que aconteceu na sexta-feira (20), a Braskem, a Daten e o Sindiquímica-BA decidiram manter o funcionamento das atividades e dos trabalhos no Polo Petroquímico de Camaçari, mesmo depois do anúncio de um caso de coronavírus na cidade. O acordo foi feito em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em que os governos pedem para que as pessoas fiquem em casa e evitem aglomerações, impedindo a proliferação da doença.

Patrões e sindicalistas decidiram dividir os trabalhadores em quatro grupos, para que, nos turnos ininterruptos, um grupo fique em casa, em regime de revezamento. Como contrapartida, o proletariado terá garantida a sua estabilidade no emprego, além da manutenção do salário e dos direitos trabalhistas. A duração do acordo é de 90 dias, com opção de renovação.

Os serviços administrativos já estão sendo feitos de casa.

Segundo a ata da reunião, “o Sindiquímica-BA está impedido de reunir os trabalhadores para debater a situação” em decorrência do decreto do governo estadual, que declarou emergência e proibiu eventos que aglomerem mais de 50 pessoas.

.

Conteúdo – Bahia Notícias