DEPUTADO ISIDÓRIO SIMULA TIROTEIO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS CONTRA O DECRETO DE LIBERAÇÃO DE ARMAS

Compartilhe suas Notícias Preferidas!

O deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) resolveu inovar em seu protesto e realizou, nesta quinta-feira (9), uma performance contra a flexibilização do porte de armas, decretada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Isidório simulou que foi atingido por um tiro e se jogou no chão.

“Nós não somos os Estados Unidos, nós não somos americanos, somos cidadãos brasileiros e queremos a paz”, bradava o parlamentar enquanto estava deitado no chão do corredor onde ficam as Comissões da Câmara dos Deputados. Ele estava com a camisa suja com marcas que lembravam sangue e ao seu lado estavam um simulacro de arma de fogo e um homem que fingia também ter sido atingido.

O ator coadjuvante é um assessor do deputado baiano. “Nós não pudemos usar arma como alimento, o povo brasileiro precisa é de educação”, destacou Isidório, que teve que levantar após um segurança da Câmara dos Deputados intervir na performance. “Armamento tem que ser coisa só de profissionais da segurança”, acrescentou o parlamentar.

Os jornalistas que faziam a cobertura ouviram barulho de disparos, e Isidóro fingiu estar baleado, se atirando ao chão, segundo o jornalista que estava no local. O deputado protestou e questionou ” o que será da nossa nação”, e frisou não ser ” o Brasil que queremos”.

Veja o vídeo: