CLIMA NA GLOBO É DE MAIS DEMISSÕES – OUTRA LISTA DE DISPENSA É AGUARDADA

Compartilhe suas Notícias Preferidas!
Please follow and like us:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Instagram

E parece que o clima nos bastidores da Rede Globo não está nada bom. Segundo informações da revista Veja, surgiram rumores negativos nos corredores da emissora no momento da gravação de uma cena da novela Bom Sucesso, o que fez com que atores e equipe ficassem em pânico. Ingrid Guimarães, inclusive, chegou a chorar pelos colegas. 

Na última quarta-feira, dia 6, a Globo demitiu 150 funcionários. Especula-se que esse número possa dobrar até o fim da semana. Uma lista de possíveis nomes que seriam cortados ainda teria sido divulgada em grupos de atores, figurinistas e produtores no WhatsApp. Os diretores do canal ficaram insatisfeitos com toda a confusão.

Três dos nomes da suposta lista de demissões foram divulgados pelo colunista Leo Dias nesta quinta-feira, dia 7: o dos atores Osmar Prado e Regina Duarte e do autor Aguinaldo Silva. Entretanto, nada foi confirmado por enquanto.

ESTRELANDO entrou em contato com a assessoria de imprensa da Globo, que disse o seguinte:

Não comentamos questões internas. Todas as grandes empresas modernas passam por processos na busca de eficiência e evolução constante e, nesse contexto, é natural que se façam ajustes. Na Globo não é diferente.

A seguir, veja os artistas que já deixaram a emissora:

José Mayer. Em um comunicado oficial enviado à imprensa, a assessoria de comunicação da emissora confirmou a demissão do ator após 35 anos de parceria, alegando ter sido uma decisão de comum acordo entre ambos os lados. Mayer começou na Globo em 1983 com a novela Guerra dos Sexos e esteve afastado da TV desde março de 2017 assim que foi acusado de assédio sexual por uma das figurinistas da emissora, Su Tonani. Tenso, né?

Malu Mader que, após 35 anos, não teve seu contrato renovado com a emissora. Atualmente, ela está no ar na reprise de Celebridade, de 2003, onde teve seu último papel de protagonista. Seu primeiro trabalho foi em 1983, na novela Eu Prometo. Em março, ela fez uma breve participação em Malhação: Vidas Brasileiras. Apesar de não ter tido seu contrato renovado, a atriz irá continuar com a Globo, que disse o seguinte em comunicado: A Malu Mader poderá continuar a trabalhar com a Globo, que continua a ter contratos de prazo longo e por obra. O nosso quadro de atores fixo continua do mesmo tamanho e a renovação se dá na composição, que obedece à maior diversidade, representatividade e à busca pelos melhores talentos em todos os mercados.

Carolina Ferraz também não teve o seu contrato renovado. Porém, a saída não foi tão pacífica assim: segundo a revista Veja, a atriz entrou com uma ação trabalhista contra a emissora. O processo corre em segredo de justiça, mas, basicamente, a atriz pede direitos de funcionária, enquanto a Globo argumenta que ela era pessoa jurídica.

Daniel Rocha, que esteve em sucessos como Avenida Brasil e Totalmente Demais, optou por se desligar da emissora para ter mais liberdade de escolha em suas produções. Porém, a assessoria do ator informou que ele pode estar em produções da emissora e que ele inclusive é um dos cotados para estar na próxima trama de Aguinaldo Silva, O Sétimo Guardião. A escolha veio depois de sete anos em que o ator praticamente emendou um trabalho após o outro. Seu último papel na TV foi na série Cidade Proibida, em 2017.

William Waack. Após proferir comentários racistas ao vivo, o jornalista foi afastado da emissora e, eventualmente, foi anunciada sua demissão. A Globo se pronunciou por meio de comunicado: Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito. A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham. A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração..

Luis Ernesto Lacombe deixou bem claro que a escolha de não renovar o contrato foi exclusivamente da emissora. O apresentador estava fora do ar, quando anunciou férias do bloco esportivo do Bom Dia Brasil, sendo substituído por Cris Dias. Em comunicado, ele havia dito o seguinte: Hoje, oficialmente, termina meu contrato com a Rede Globo, que não será renovado por decisão da emissora. Dos meus 29 anos de carreira como jornalista, 20 foram na Globo, os últimos 13 como apresentador do Esporte, dois anos na Editoria Rio e cinco na Globo News. Depois, ele foi para a Band, onde apresentou o reality show Exathlon.

Pedro Cardoso. Mais conhecido por ter interpretado por 13 anos Agostinho em A Grande Família, o ator disse o seguinte em entrevista ao programa de rádio Pânico: – Eu achava que a TV Globo me ofereceria um horário para eu desenvolver um projeto autoral. Tiveram o mais absoluto desprezo pelo meu trabalho lá dentro. Por isso que meu contrato durou apenas mais um ano e acabou.

Bruno Gagliasso não renovou contrato com a Globo e deixa o elenco fixo da emissora. Após 18 anos de casa, ele passará a “trabalhar por obra”. Ou seja, ele poderá escolher quais projetos vai participar.

O anúncio foi feito pelo próprio ator em sua conta oficial no Instagram, na manhã desta quinta-feira (7). Ele disse que com a decisão, tomada logo após o fim de O Sétimo Guardião, ele ganhará “liberdade artística”.

______________________