GUALBERTO CONFIRMA “EVENTO FANTASMA” EM IMBASSAY, MATA DE SÃO JOÃO E DIZ QUE ERRO PRECISA SER INVESTIGADO

Com a denúncia do vereador da oposição em Mata de São João, Tiago de Zezo (PT), o ex-prefeito da cidade, deputado federal João Gualberto (PSDB), confirmou o ‘evento fantasma’ e disse, em entrevista a uma rádio local, que o erro precisa ser investigado. Conforme a denúncia, o evento “Estica Verão Imbassay” não foi realizado, mas os pagamentos para as empresas que “fizeram” a festa foi realizado.

Durante a entrevista, Gualberto confirma que o evento não existiu e que os pagamentos foram realizados e empresas que trabalharam em outro evento: a lavagem do Bonfim da cidade. “Existe um erro formal disso que foi cobrado na festa, que não houve de fato, e se encontrou na festa do Bonfim. Esses toldos que foram cobrados e mais algumas outras coisas na verdade foram usadas na festa do Bonfim e ele [vereador] sabe disso, vai ver que não teve nenhum gasto com toldos”.

O ex-prefeito cobrou apuração do caso ao prefeito, aliado do parlamentar. “Foi pago da festa do Bonfim. Foi um erro formal, não sei como foi feito e Marcelo abriu uma sindicância para apurar, mas não houve corrupção nem desvio de dinheiro. Conheço os funcionários da secretaria de turismo, pessoas preparadas. Conheço bem as pessoas que trabalham na secretaria de turismo e vai ter todo tempo para explicar que houve um erro formal”, reforçou.

O evento custou aos cofres públicos mais de R$ 143 mil.

 

.

Fonte – BNews,