MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL PEDE CASSAÇÃO DO GOVERNADOR DO TOCANTINS, MAURO CARLESSE DO PHS

O MPE (Ministério Público Eleitoral) pediu a cassação do governador de Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), e seu vice Wanderlei Barbosa (PHS), na noite de 3ª feira (4.dez.2018).

O pedido é do procurador regional eleitoral Álvaro Manzano e será julgado pelo TRE-TO (Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins).

O MP suspeita que Carlesse tenha comprado apoio político através de emendas parlamentares e convênios durante a campanha à reeleição.

Há também indícios de que foram utilizados bens públicos na campanha eleitoral, em pagamentos irregulares de despesas e serviços de uso promocional de caráter social.

Entre as irregularidades exemplificadas no documento, está o pagamento de emendas parlamentares para realização de festas, shows e eventos.

Em defesa, Carlesse, atual governador do estado, confirmou em nota legalidade de campanha eleitoral e que está confiante com o resultado positivo do julgamento.