SÓCIO DA ENGEVIX FECHA DELEÇÃO COM A PF CONTRA TEMER

O empresário José Antunes Sobrinho, sócio da Engevix, fechou com a Polícia Federal (PF) um acordo de colaboração premiada. A informação é do site Antagonista.

Segundo a publicação, a delação de Antunes vai ajudar a turbinar o inquérito dos portos, que investiga repasses de propina a Michel Temer. O acordo com a PF ocorre depois que as negociações com a PGR não avançaram.

O delator entregou detalhes sobre vários pagamentos a Temer, entre eles o R$ 1 milhão entregues ao coronel João Batista Lima Filho, operador do presidente. A propina teve origem em contrato da Argeplan, de Lima, com a Eletronuclear para obras de Angra 3.