DIAS D’ÁVILA: AGENTES DE SAÚDE E DE ENDEMIAS INSATISFEITOS MANIFESTAM NA CÂMARA SUAS REIVINDICAÇÕES

Compartilhe suas Notícias Preferidas!

Os agentes de Endemias e Agentes de Saúde de Dias d’Ávila já vinham a alguns dias fazendo um movimento em torno de algumas reivindicações que não lhes foram dadas pela Secretaria de Saúde e consecutivamente, pela Prefeitura Municipal da cidade de Dias d’Ávila.


E foi então que eles, os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias através das suas entidades representativas e os servidores públicos da saúde da cidade de Dias d’Ávila realizaram na quarta-feira (5) uma manifestação pacífica durante a Sessão Ordinária na Câmara de Vereadores do município.

As categorias reivindicaram melhorias nas condições de trabalho, EPIs e EPCs, transporte, repasse de direitos já conquistados, como o retroativo do piso salarial de 2014 até 2015; o reajuste do piso salarial de 2019 estabelecido pela Lei Federal 13.708/18.

Os servidores buscaram garantir a Lei Municipal do “Agente Legal” adquirido desde 2015 e voltar a receber a “Gratificação SUS” que os demais servidores públicos da saúde recebem desde 1995 na lei municipal 107 e confirmada na lei municipal 344/09. Lembrando que no piso teve reajuste em 2015 e até hoje está em R$1.014,00 e não foi repassado o retroativo de 2014 a 2015 a referida classe.

“Dias d’Ávila é um dos últimos municípios a ter esse reajuste dentro da lei federal 13.708/18”, declarou um dos representantes.

Os servidores em questão buscaram chamar atenção dos edis e dos órgãos públicos devido ao serviço prestado aos munícipes, tendo em vista a importância da dessas classes para a população.

“É uma categoria de grande importância para comunidade, são eles que dão de cara com os problemas das pessoas e arriscam suas vidas. Eles fazem de tudo um pouco e ainda agem como psicólogos, pois tem que ouvir os sentimentos e queixas da população”, disse um dos representantes da classe.

O que se percebe é que, muitos agentes estão desanimados e desmotivados, alguns estão afastados de suas atividades por motivo de várias enfermidades e em outros casos até gravíssimas.

Os servidores se colocaram na plenária com suas faixas e a Presidente da Sessão, Vereadora Imperatriz, tão logo soube do motivo dos mesmos estarem ali, comunicou que ao final se reuniriam com os mesmos juntamente com os demais vereadores para ouvirem suas reivindicações.

E assim, ao final, os vereadores receberam uma comissão das respectivas categorias e após várias discussões, uma comissão de vereadores se comprometeram em articular uma reunião com o procurador, com o controlador, com o secretário de saúde e com a prefeita para que as reivindicações sejam acordadas até a próxima semana.