DIAS D’ÁVILA: VOTAÇÃO EM SEGUNDO TURNO NESTA QUARTA-FEIRA DO EMPRÉSTIMO DE 15 MILHÕES DE REAIS PARA A PREFEITURA JUNTO À CAIXA ECONÔMICA

Acontecerá nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, na Câmara de Vereadores, a segunda votação do empréstimo de 15 milhões de reais que a Prefeitura Municipal almeja para a cidade de Dias d’Ávila.

Em primeira votação, acontecida na Sessão Ordinária do dia 21 de novembro, quarta-feira passada, o projeto foi votado com a votação contrária ao empréstimo dos vereadores Júnior do Requeijão e de Milton Barbosa – os demais foram favoráveis ao projeto.

 

Conforme o Projeto de Lei ,473/2018, datado de 5 de novembro, o objetivo é destinar os investimentos para qualificação viária no valor de 5 milhões de reais e a implantação de terminal rodoviário e obras de mobilidade e requalificação urbana no valor de 10 milhões de reais na cidade.

Para pagamento do principal, juros, tarifas bancárias e outros encargos da operação deste crédito, a Prefeitura autoriza a vincular as cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) como garantia da operação.

Diante de todo o exposto, o projeto entrou em primeira votação em Regime de Urgência.

Pelo documento do Projeto de Lei, a Prefeita Jussara Márcia – PT, alega que “Estes investimentos trarão uma melhora na qualidade de vida para os nossos munícipes, bem como melhoria na mobilidade urbana não só do município como também da Região Metropolitana. Mais uma vez, a Administração Municipal se antecipa às mudanças e ao crescimento que se avizinha, garantindo assim, um crescimento sustentável, que possibilitará com certeza, o aumento do poder aquisitivo da população e a atração de novos investimentos para a Dias d’Ávila, nos mantendo na vanguarda do crescimento no estado”.

O projeto entrará novamente em pauta na Sessão Ordinária do dia 28 deste mês, quando será apreciado em segunda votação.

Caso aprovado, a operação de crédito será contratada por meio da linha de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). Como garantia da operação, a prefeitura colocará as cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).