EM PALESTRA A ALUNOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA, FILHO DE BOLSONARO DEFENDE QUE O BRASIL TENHA ARMAS NUCLEARES

Compartilhe suas Notícias Preferidas!

Em um evento na noite desta terça-feira (14), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) defendeu a posse de armas nucleares e disse que o Brasil seria levado “mais a sério” caso tivesse um “poder bélico maior”.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro discursa no plenário da Câmara

“São bombas nucleares que garantem a paz. Se nós já tivéssemos os submarinos nucleares já finalizados, que têm uma economia muito maior dentro d’água; se nós tivéssemos um efetivo maior, talvez fossemos levados mais a sério pelo [Nicolás] Maduro, ou temidos pela China ou pela Rússia”, disse o deputado a alunos da Escola Superior de Guerra em palestra na Câmara dos Deputados.

Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de Privacidade)

O filho do presidente Jair Bolsonaro disse ainda que o assunto “não é pauta nesse momento, eu sequer vejo debate nesse sentido”. Eduardo também elogiou o fato de Índia e Paquistão, que têm a bomba, não terem assinado o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, do qual o Brasil é signatário.