MINISTRO DO TRABALHO DO GOVERNO TEMER DEPOIS DE AFASTADO, PEDE DEMISSÃO POIS ESTAVA SENDO SUSPEITO DE LIGAÇÃO COM SISTEMA DE FRAUDES NA LIBERAÇÃO DE REGISTROS SINDICAIS

HELTON YOMURA

Afastado do cargo, ministro do Trabalho pede demissão

O ministro é suspeito de ligação com um esquema de fraudes na liberação de registros sindicais

 
fcpzzb_abr_26042018_1863_1_0_(1).jpg

Ministro do Trabalho, Helton Yomura , durante reunião com dirigentes da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA), para tratar das dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores da BRF. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agencia Brasilia

O ministro do Trabalho, Helton Yomura, decidiu pedir demissão nesta quinta (5) depois de ser afastado do cargo pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

O ministro é suspeito de ligação com um esquema de fraudes na liberação de registros sindicais. 

Em relatório da Operação Registro Espúrio, a Polícia Federal sustenta que Yomura foi alçado ao cargo para perpetuar o suposto esquema criminoso liderado por seus padrinhos políticos, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e a filha dele, deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ).

A decisão de pedir demissão foi tomada depois que Jefferson anunciou que o PTB colocou o cargo à disposição do presidente Michel Temer.