23 de janeiro de 2021

DIAS D'ÁVILA ACONTECE

14 ANOS FAZENDO A NOTÍCIA DE SUA CIDADE

IMAGENS DO CIRCUITO DE MONITORAMENTO POR TV DO FLAT E DA BOATE CONTRADIZEM VERSÃO DE MODELO QUE ACUSA SENADOR DE ESTUPRO

Compartilhe suas Notícias Preferidas!
Please follow and like us:

Ao acusar o senador Irajá Silvestre Filho (PSD) de estupro, a modelo Hellen Haas alegou ter sido dopada e só ter retornado a consciência com o seu agressor “em cima de si, mantendo conjunção carnal”.

Contudo, segundo o site O Antagonista, nos autos do inquérito, o advogado Daniel Bialski, que representa o filho da também senadora Kátia Abreu (PP), afirma que a versão de Haas “não condiz com a realidade”. 

Imagens do circuito de segurança da boate Café de La Musique e do Hotel La Residence, captadas na noite da último dia 22 e madrugada do dia 23 foram entregues à Justiça de São Paulo pelos estabelecimentos. A publicação também teve acesso ao vídeos.

“Todas as imagens de CFTV requisitadas, de todos os locais em que estiveram naquela data, revelam justamente o contrário, ou seja, de que eles chegaram de mãos dadas, caminhando tranquilamente, e, mais que isso, mostrando que ela manuseia seu celular, conduta incompatível com alguém que estaria alegadamente sem a capacidade e  discernimento de seus atos”, afirma o defensor.

Segundo o defensor, o exame de corpo de delito de Abreu também rebate a tese de que houve luta corporal e que a modelo se recusou a entregar o celular, cujo conteúdo pode ajudar a esclarecer detalhes que ainda não foram totalmente esclarecidos sobre o episódio.

Follow by Email
Pinterest
Instagram