Compartilhe suas Notícias Preferidas!
Please follow and like us:

Após o anúncio do fechamento da Fábrica da Ford em Camaçari nesta segunda-feira (11), o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari anunciou uma assembleia geral para esta terça-feira (12), à 5h30 na frente da empresa. 

A Ford fez o comunicado já suspendendo a produção de amanhã, em conversa com o gerente, a informação que ele passou de RH [Recursos Humanos] é de que a empresa não vai mais chamar os trabalhadores para nenhum tipo de atividade porque estão encerrando totalmente a produção de veículos aqui na Bahia e também em Taubaté”, afirmou Júlio Bonfim, presidente do sindicato nas redes sociais.

Segundo o Júlio, entre a fábrica da Ford e as de autopeças, 12 mil funcionários serão afetados diretamente com o fechamento. Ao somar os trabalhadores indiretos, o número chega a 60 mil.

Júlio também lembrou que amanhã a Ford não fornecerá transporte para levar os funcionários para a fábrica, mas convocou todos os trabalhadores para a assembleia: “Nós precisamos estar amanhã, carona solidária, de bicicleta, do que for, a gente tem que estar na frente da fábrica para fazer essa assembleia para tratarmos de pontos importantes com as trabalhadoras e também fazermos uma grande passeata até o centro de Camaçari.” 

No local eram montados os veículos Ka e EcoSport, que foi desenhado e projetado no local. 

Em comunicado, a Ford disse que “irá trabalhar imediatamente em estreita colaboração com os sindicatos e outros parceiros no desenvolvimento de um plano justo e equilibrado para minimizar os impactos do encerramento da produção.”

“Trabalharemos intensamente com os sindicatos, nossos funcionários e outros parceiros para desenvolver medidas que ajudem a enfrentar o difícil impacto desse anúncio”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais. 

.

Por – Gabriel Moura – BNews

Follow by Email
Pinterest
Instagram