3 de fevereiro de 2023

DIAS D'ÁVILA ACONTECE

14 ANOS FAZENDO A NOTÍCIA DE SUA CIDADE

A BAHIA É O ESTADO COM MAIOR NÚMERO DE BENEFICIÁRIOS DO “AUXÍLIO BRASIL”

Compartilhe suas Notícias Preferidas!
Please follow and like us:

A Bahia é a Unidade Federativa com maior número de contemplados pelo Auxílio Brasil. O programa permanente de transferência de renda do Ministério da Cidadania chega, em setembro de 2022, a 2,53 milhões de famílias no estado. O investimento para pagamento do benefício a 417 municípios baianos neste mês é de R$ 1,52 bilhão. O valor médio recebido por família é de R$ 606,64.

Na divisão por municípios, Salvador concentra o maior número de beneficiários. São 283.114 famílias contempladas pelo Auxílio Brasil na capital baiana, mais de 10% do total do estado. Outros quatro municípios reúnem mais de 30 mil famílias beneficiárias na Bahia. São eles Vitória da Conquista (49.445), Camaçari (40.962), Juazeiro (36.859) e Alagoinhas (32.276).

Na Bahia, 79,6% dos lares que recebem o Auxílio Brasil em setembro de 2022 têm como responsável familiar uma mulher. O percentual é levemente menor em relação à média nacional, de 81,6%. Em números absolutos, são 2,02 milhões de famílias com protagonismo feminino em um universo de 2,53 milhões. O percentual na Região Nordeste é de 80,4%.

Patamar inédito

O Auxílio Brasil atingiu em setembro mais uma marca inédita. Pela primeira vez, mais de 20,65 milhões de famílias em todo o país vão ter acesso ao repasse de no mínimo de R$ 600.

Na comparação com agosto, quando 20,2 milhões de famílias receberam o benefício, a alta é de 2,2%, o que corresponde a mais de 450 mil famílias. O repasse total para o mês é de R$ 12,47 bilhões. O valor médio do benefício é de R$ 607,52.

Cronograma

O cronograma de pagamentos ocorre entre 19.09 e 30.09, escalonado de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS) de cada um dos beneficiários (veja o calendário).  A operação garante o atendimento pleno de todas as famílias que apresentam, no Cadastro Único, perfil para serem contempladas. Levando em conta o histórico do Auxílio Brasil, implementado em novembro de 2021, são mais de 7,5 milhões de famílias adicionadas ao longo dos últimos 11 meses, outro patamar inédito.

O programa

O Auxílio Brasil é voltado a famílias em situação de vulnerabilidade econômica e social. Para serem habilitadas, elas precisam atender critérios de elegibilidade, como apresentar renda per capita classificada como situação de pobreza ou de extrema pobreza, ter os dados atualizados no Cadastro Único nos últimos 24 meses e não ter informações divergentes entre as declaradas no cadastro e as de outras bases de dados federais.

A seleção é feita de forma automática, considerando a estimativa de pobreza, a quantidade de famílias atendidas em cada município e o limite orçamentário anual do Auxílio Brasil.

 

.

Fonte e foto – Gov.br

error: Content is protected !!